Foto Eduardo Pellegrina

Tecnologias Digitais Habilitadoras aplicadas às Experiências de Sucesso do Brasil 5.0

Por Eduardo Pellegrina – Conselho Consultivo Brasil 5.0

No 6º Encontro Nacional – Ecossistema Brasil 5.0 em Ação, realizado nos dias 10 e 11 de maio, apresentamos um resumo das 25 Experiências Apresentadas até o momento ao Conselho Consultivo do projeto Brasil 5.0 e suas utilizações dentro das 16 Tecnologias Digitais Habilitadoras.

Cabe a destacar o altíssimo nível técnico dos projetos apresentados pelos protagonistas: Amazônia Azul, ABES, Bradesco, Marinha Brasileira, FEI, Força Aérea Brasileira, Embrapa, FACENS, Observatório Social do Brasil, Prefeitura de Santo André, Prefeitura de Barueri e SENAR, com alguns destes protagonistas apresentando mais de uma Experiência.

As Experiências foram classificadas, primeiramente, pelo seu FOCO, podendo ser: Processos, Modelos de Negócio e E-Digital. Neste primeiro momento tivemos: 50% classificados em Processos, 10% em Modelos de Negócio e finalmente 40% como E-Digital. 

O quadro com as 16 Tecnologias Digitais Habilitadores pode ser visto abaixo:

Imagem1

O quadro resumo com a distribuição percentual de utilização da Tecnologias Digitais Habilitadoras pelas Experiências de Sucesso apresentadas segue abaixo: 

Dentre as 4 (quatro)Tecnologias de maior utilização temos em primeiro lugar: Internet (92%) o que demonstra clara preocupação, neste momento, em se utilizar dos recursos da Internet e sua rede de computadores e dispositivos via TCP/IP. 

Em segundo lugar a Computação em Nuvem (64%) demonstra a mudança clara de perfil, se fizermos uma comparação com os primórdios de uso das tecnologias digitais, que procuravam se utilizar de serviços e de processos centralizados e localizados, para uma mudança radical de descentralização e pulverização na Computação em Nuvem, desonerando os locais dos trabalhos das capacidade de processamento e armazenamento, fazendo com que os protagonistas venham a colocar seu foco  e suas energias no objetivo final do projeto.

A preocupação com a gestão e controle dos processos digitais e a utilização das ferramentas é demonstrado pela ênfase em quem o Analytics (44%) surge na tabulação, e, por fim, das quatro tecnologias com maior destaque temos a BI – Business Intelligence (40%), chamando a atenção do quão importante é o tema de que a digitalização proporcione instrumentos adequados aos processos decisórios das organizações.

Imagem2

Nota: No capítulo 3.10 do Manifesto Brasil 5.0 você encontra uma breve descrição destas 16 tecnologias digitais habilitadoras.

Até o momento, não foram apresentadas Experiências utilizando das Tecnologias: BlockChain, Computação Quântica, Realidade e Realidade Virtual. O que não esgota as possibilidades de oportunidades de aplicação destas Tecnologias na digitalização dos processos, ou seja, este resumo demonstra que temos aqui um significativo leque de oportunidades a serem exploradas em próximas Experiências a serem apresentadas no Brasil 5.0.

Parabenizando todas organizações e profissionais envolvidos até este momento no esforço de levarmos a um novo patamar os processos de Transformação Digital em nosso País, deixando aqui o convite a demais protagonistas que apliquem suas Experiências de Sucesso e Melhores Práticas no Manifesto Brasil 5.0 – Guia de Referência para Pessoas e Organizações que estejam engajadas em Inovação e Transformação Digital.

Compartilhe

Categorias

Assine a nossa newsletter

Fique por dentro dos principais temas em gestão, aprendizado e tecnologia do mercado!

Você também pode gostar