Foto Sidnei Silvestre

Demorou, mas chegou!

Por: Sidnei Silvestre

Quem não se lembra das publicidades na TV com a mensagem obrigatória: “ao persistirem os sintomas um médico deverá ser consultado”? Este recado foi sendo lido cada vez mais rápido a fim de economizar valiosos milésimos de segundos do tempo total dedicado ao merchandising.

Pois é, agora todos podem aproveitar este recurso, porque recentemente tivemos uma atualização no WhatsApp que permite aumentar a velocidade dos áudios em até duas vezes, quando ao clicar na mensagem para iniciar a escuta, o texto “1x” fica destacado na tela. Isso significa que o áudio está sendo tocado em seu ritmo normal. Ao clicar sobre o ícone, essa velocidade se altera e aumenta para “1.5x”, e se clicado novamente altera para “2x”.

Para quem usa leitor de telas, respectivamente a leitura é feita como “botão de velocidade normal”, “botão 1,5 vezes mais rápido” e “botão duas vezes mais rápido”.

Aah! Algumas mensagens ficam muito engraçadas quando reproduzidas em ritmo acelerado.

Em um mundo que sempre exige que mais atividades sejam executadas em menor tempo, esta funcionalidade proporciona uma melhor experiência para quem precisa ou até mesmo não tem paciência de ouvir mensagens longas no aplicativo de conversa, e deficientes visuais desfrutam de uma experiência bem parecida há bastante tempo, pois os sintetizadores de voz permitem uma personalização dessa alteração na velocidade de leitura em uma escala que vai de 0 a 100%, proporcionando muito mais flexibilidade, agilidade e conforto durante a navegação por programas e aplicativos nos computadores e celulares.

Quando pensamos em acessibilidade, achamos que somente pessoas com deficiência necessitam destes recursos, mas isso não é verdade. Aplicando boas práticas de desenvolvimento de serviços e produtos, descobre-se que acessível mesmo é aquele que oferece diversas alternativas para todos, independentemente de sua condição.

Audiolivros, assistentes virtuais que obedecem  comandos de voz, serviço de tradução de voz para texto em campos de digitação, ícones de fácil identificação e possibilidade de troca de mensagens por áudio pra pessoas não letradas,  são somente outros exemplos de recursos que entregam uma melhor experiência a todos.

Precisamos seguir estimulando essa metamorfose, porque afinal de contas, o que é bom é para ser copiado e compartilhado mesmo!

Só não podemos esquecer de viver o agora, tentando adiantar para viver o próximo minuto e deixando de ouvir quem está do lado, caindo na armadilha do depois e acelerado. Salve a tecnologia que tem o poder de agregar e promover uma sociedade que convive cada vez mais com as diferenças proporcionando mais inclusão.

Compartilhe
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Categorias

Assine a nossa newsletter

Fique por dentro dos principais temas em gestão, aprendizado e tecnologia do mercado!

Você também pode gostar