download

Confira os vencedores do Prêmio Learning & Performance Brasil 2014/2015

Para estimular a prática da Alta Performance, que pressupõe: Inovação, Produtividade Pessoal e Competitividade de forma Sustentável nas organizações, e para torná-las mais competitivas no mercado, a MicroPower, com o apoio do Sistema Nacional ABRH, Associação Brasileira das Empresas de Software e Federação das Associações dos Dirigentes de Marketing e Vendas do Brasil, lançou em 2011 o Prêmio Learning & Performance Brasil.

Com o resultado dessa prática tem-se a visão do melhor caminho a ser seguido para o desenvolvimento do Plano de Sucessão & Carreira, que por sua vez deverá aprimorar os talentos nas organizações.

A cerimônia do Prêmio Learning & Performance Brasil 2014/2015, realizada ontem, dia 4 de Agosto, foi iniciada por Francisco Soeltl, presidente da MicroPower, que contou sobre a historia da empresa e trouxe informações sobre o Portal Learning & Performance Brasil. Francisco agradeceu aos patronos, à Comissão Avaliadora e aos membros do Conselho de Notáveis, que participaram dessa e das edições anteriores do Prêmio e, na sequência, chamou ao palco a Diretora Administrativa e de Finanças, Milka Soeltl, para dar início às primeiras homenagens da noite, que foram feitas às empresas que ganharam destaque pelos projetos que vêm contribuindo para o desenvolvimento de nosso País.

O primeiro a subir ao palco foi Ruy Altenfelder, Presidente do Conselho do CIEE, que recebeu a homenagem pelos 50 anos de contribuição do CIEE para o desenvolvimento do Brasil.

Em seguida, Francisco Soeltl chamou Elcio Anibal de Lucca para entregar uma homenagem à MicroPower pelos 20 anos de contribuições para o desenvolvimento do País, que estava representada no palco pelos diretores Daniel Musulin Soeltl, Michel Musulin Soeltl e Denis Costa.

Na sequência, Wander Soares subiu ao palco, representando a Academia Paulista de Educação, para homenagear Francisco Soeltl com o diploma de Membro Honorário da Academia Paulista de Educação.

Para homenagear a patronesse dessa edição do Prêmio Learning & Performance Brasil,  Francisco chamou para subir ao palco a empresária Chieko Aoki, fundadora e presidente da Blue Tree Hotels. Ao fazer uso da palavra, Chieco declarou estar honrada pelo convite. “Cheguei a conclusão que você é um ‘missionário da educação’. Você incentiva as pessoas de todo lado, mostrando a importância do Saber e do Conhecimento aplicado, que trazem o resultado”, afirmou Chieco se referindo à Francisco Soeltl. Ela destacou ainda a importância da inclusão auxiliada pela MicroPower aos deficientes visuais no mercado de trabalho.

Luiza Helena, Presidente do Magazine Luiza, que é a primeira patronesse do Prêmio Learning & Performance Brasil, e Wilson Ferreira Jr., Presidente da Companhia Paulista de Força e Luz, subiram ao palco para entregar o troféu à Chieko Aoki.

Após a entrega da homenagem à patronesse Chieko Aoki, 20 projetos receberam um troféu por terem atingido aos critérios exigidos pelo Prêmio Learning & Performance Brasil 2014/2015, em suas três categorias. Foram eles:

– Categoria “Iniciativa de Sucesso: Atende aos objetivos estabelecidos pela sua Organização”: A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, representada por Ana Carolina Nunes Lafemina e Neli Maria Mengalli, recebeu dois troféus das mãos dos diretores Milka Musulin Soeltl e Daniel Musulin Soeltl, pelo projeto “Curso de LIBRAS online da EVESP” e pelo projeto “Cursinho Pré-Universitário online da EVESP”, no critério “Iniciativas de Sucesso”.

– Categoria Referência Nacional: Experiências consolidadas que quando compartilhadas promovem a prática da Alta Performance”: FM Logistic, representado por Mario Melo, com o projeto “FM Logistic– FM University”, que recebeu a homenagem das mãos dos diretores da MicroPower Denis Costa e Michel Musulin Soeltl;

ACCOR, representado por Fernando Viriato de Medeiros e Dacio Calixto, com o projeto “ACCOR – Accor Académie”, que receberam a homenagem dos diretores da MicroPower Álvaro Macedo e Alexandre Campeão;

SENAR, representado por Larissa Arêa pelo “Programa de Inclusão Digital”. O troféu foi entregue por Eduardo Toledo.

Serasa Experian, representado por Luciana Portella e Keila Fazza, pelo projeto “Serasa Experian – Universidade Serasa Experian”. Elas receberam a homenagem das mãos de Fernando Lima.

3M, representado por Elizandro Monteoliva Alves, pelo projeto “3M – 3M com Você”, que recebeu a homenagem das mãos de Simone Antaki.

Brasil Telecom, representado por Márcia Pollard, pelo projeto “Brasil Telecom Call Center – Programa LIDERARH”, que recebeu a homenagem das mãos dos padrinhos Claudio Minetto e Augusto Gaspar.

CIEE, representado por Eduardo Sakemi, pelo projeto “ CIEE – Projeto de Ensino à Distância do CIEE – Terceirizando a Hospedagem do Serviço e a Manutenção Técnica”, que recebeu o troféu dos padrinhos José Augusto Minarelli e Dr. Riad Younes.

CMM, representado pelo Tenente Coronel Marcos Roberto Garcia Porto, pelo projeto “CMM – Colégio Militar de Manaus”, que recebeu o troféu dos padrinhos Paulo Manzieri e Sergio Hentschel.

SEBRAE SC, representado por Soraya Tonellim, pelo projeto “Programa de Autoatendimento Negócio Certo e Programa de Autoatendimento Negócio Certo MEI”, que recebeu o prêmio dos padrinhos Dr. Manoel Antonio dos Santos e Jairo Martins.

CCEE, representado por Luiz Eduardo Barata Ferreira, pelo projeto “Portal de Aprendizado: uma nova perspectiva em treinamento”, que recebeu a homenagem das mãos de Luiz Edmundo Rosa e Alexandre Kalil.

SEDUC AM, representado por Haroldo Maia, com o projeto “Centro de Mídias de Educação do Amazonas”, que recebeu o troféu das mãos de Almiro Reis.

Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, representada por Ana Carolina Nunes Lafemina, pelo projeto “EVESP – Curso de Inglês Online”, que recebeu o prêmio do padrinho Miguel Ignatios.

Secretaria de Educação do Estado de São Paulo também recebeu a homenagem pelo “EVESP – Curso Defesa Civil: A Aventura”, representada por Fernando Padula Novaes e Cel. José Roberto Rodrigues de Oliveira, que receberam o troféu das mãos de Odecio Gregio.

Sabesp – projeto que teve destaque nessa categoria: “Universidade Empresarial Sabesp”. O prêmio foi recebido por Walter Sigollo e Elizabeth Ayres Gdikian.

Detalhes do Projeto: 11 anos consecutivos e 1º lugar na Galeria de Sucesso com 54 pontos compartilhando Melhores Práticas e Lições Aprendidas para desenvolver a Alta Performance e o nível de maturidade na Gestão do Capital Humano, pela Arquitetura do Aprendizado e Desempenho Plena e também pela Arquitetura da Universidade Corporativa Ampliada em estágio avançado. A homenagem foi entregue por Elcio Anibal de Lucca.

– Categoria “Vencedor (Benchmarking): Práticas inovadoras que promovem a Alta Performance”: Francisco Soeltl chamou ao palco Chieko Aoki, Luiza Helena e Wilson Ferreira Jr. para o momento mais esperado da noite: a revelação dos quatro projetos vencedores da Categoria Benchmarking.

A patronesse Chieko Aoki anunciou o primeiro projeto vencedor, que foi entregue a Hugo Pena Brandão, representando o Banco do Brasil, pelo projeto “Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB)”.

Wilson Ferreira Jr revelou o segundo ganhador: a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, pelo projeto “Escola Virtual de Programas Educacionais”. O Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Herman Jacobus Cornelis Voorwald, subiu ao palco para receber a homenagem.

Luiza Helena foi chamada ao palco para anunciar o próximo projeto vencedor, que foi a General Motors do Brasil, com o projeto “Universidade Chevrolet”. Guilherme Bianchi Jr., Herlan e Graziela subiram ao palco para receber a homenagem.

O quarto projeto vencedor foi da Telefonica, anunciado por Ozires Silva, pelo projeto Vivo “Jogos da Vivo – Be More”. Subiram ao palco pra receber a premiação Marcio Domingues com sua equipe.

Encerrando a cerimônia de premiação, o diretor de Marketing da MicroPower, Daniel Musulin Soeltl, falou sobre a contribuição social da MicroPower de 2013 até esse momento de 2014. Ele agradeceu primeiramente à Comissão Avaliadora – Entidades de Apoio aos Deficientes Visuais, que ajuda na seleção das entidades que se inscrevem no prêmio para receber doação de computadores, representada no evento por Odécio Grégio.

Daniel também falou sobre o Programa de Capacitação e Empregabilidade dos Deficientes Visuais, criado em Setembro de 1998, que já capacitou 18.000 pessoas, empregou 1.800 e mais de 100 entidades em 100 municípios ministram cursos com o Virtual Vision. Nos últimos anos de Prêmio Learning & Performance Brasil, a MicroPower entregou 112 microcomputadores equipados com o Virtual Vision.

Foi revelado que uma parceria entre MicroPower e a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo está sendo firmada, e tem como meta equipar com o Virtual Vision todas as salas do Estado de São Paulo utilizadas por Deficientes Visuais, somando um número equivalente a 2.000 licenças.

A cerimônia foi encerrada por Daniel com o agradecimento à presença de todos e na sequência foi servido o tradicional jantar.

Compartilhe

Categorias

Assine a nossa newsletter

Fique por dentro dos principais temas em gestão, aprendizado e tecnologia do mercado!

Você também pode gostar