melhores_momentos_congresso_29082017_2

Confira os melhores momentos do 17º Congresso Learning & Performance Brasil

Capital paulista foi sede do mais relevante evento de Learning e Performance do País

Com o tema “A Alta Performance nas organizações: o que realmente faz a diferença?”, o 17º Congresso Learning & Performance Brasil foi realizado nesta segunda-feira, 28/08, no Renaissance São Paulo Hotel, e contou com a presença de cerca de 300 profissionais entre presidentes, vice-presidentes, gestores e outros representantes de organizações privadas e públicas, nacionais e internacionais.

O Congresso é um evento exclusivo para convidados da MicroPower e tem como objetivo promover as melhores práticas e soluções tecnológicas existentes no mercado relacionadas à gestão de alta performance, gestão do capital humano, desenvolvimento de talentos, acessibilidade e aprendizado.

Foto: Francisco Antonio Soeltl, CEO MicroPower e Institute Learning & Performance Brasil.

O evento teve início com as sessões do Customer Advisory Board (CAB), nas quais foram reconhecidos os clientes da MicroPower – empresa organizadora do evento –, entre eles:

15 anos: GMB e Serasa;
10 anos: Bayer, Honda, Nycomed/Takeda;
5 anos: Fale Fácil, Caixa Seguros, CCEE, FNQ, RV Tecnologia, e UniHealth.

Houve também uma série de homenagens aos clientes que se destacaram nas práticas de Gestão de Performance e Desenvolvimento de Talentos: Aspen, Disal, GMB, Hughes, Vivo e AMIB.

Joyce Leite de Oliveira, da Aspen Pharma, ressaltou a importância da parceria com a MicroPower: “Quando eu comecei a trabalhar com a MicroPower, eu fui gratamente surpreendida por um universo enorme de possibilidades. Eu não encontrava fornecedores que conseguissem fazer o que eu queria. A MicroPower aceitou e deu super certo, inclusive gerando um reconhecimento interno na Aspen. Nosso trabalho ficou lindo e eu tenho muito orgulho dele”.

“Agradeço muito à MicroPower, pois em pouquíssimo tempo conseguimos implementar grandes projetos”, afirma Karina Couto, da Disal Consórcios.

Para Niva Celma Rodrigues Ribeiro , da Telefônica Brasil, a parceria com a MicroPower veio para ajudar em todos os desafios da transformação digital: “A MicroPower embarca conosco em todas as nossas necessidades e com total disponibilidade”.

Na sequência, foram apresentadas as melhorias implementadas nas soluções da MicroPower, entre elas o Performa 4, que traz inovações em termos de integração de dados, gamificação e compartilhamento de conhecimentos do colaborador com a empresa. A nova versão do Performa é fruto de diversas sugestões de melhorias feitas ao longo dos últimos meses. Elas vão desde informações passadas pelo helpdesk da MicroPower a melhorias descobertas pelo time de implementadores, que verifica a aderência dos processos dos clientes à plataforma. A atualização leva em conta também tendências de mercado percebidas pela MicroPower em eventos internacionais.

Foto: Michel Musulin Soeltl, Diretor Geral da MicroPower.

O Congresso contou com a participação de Marc Rosenberg, autor do Learning and Performance Ecosystem, que compartilhou por videoconferência sua visão sobre o alinhamento do Ecosystem com a metodologia 70-20-10, no painel sobre a evolução da Universidade Corporativa Ampliada e a contribuição do Learning & Performance Ecosystem na maximização dos resultados e da produtividade nas organizações de alta performance.

Foto: Participação de Marc Rosenberg, por videoconferência 

Realizados pelos gestores de projetos da MicroPower, outros painéis do congresso levaram ao público discussões sobre EAD, destaque para “Gamification na prática”, no qual o Diretor de Pré-Vendas da MicroPower, Alexandre Campeão, mediou um debate com as empresas Claro, Telefônica Brasil e Oi, que já estão aplicando a estratégia de gamification em suas plataformas de LMS e treinamentos. As organizações compartilharam com o público suas iniciativas e seus resultados nessa área para ajudar a desenvolver melhores práticas de engajamento de colaboradores nos treinamentos e consequentemente melhorar a performance organizacional. 

Foto: Isis Algarte, da Oi, Aline Marinho, da Telefônica Brasil, Ronaldo Domingues, da Claro Brasil e o Diretor de Pré-Vendas da MicroPower, Alexandre Campeão.

Durante o período da tarde o Diretor Geral da MicroPower, Michel Musulin Soeltl, apresentou em primeira mão para seus clientes sobre o Curation Learning, novo tópico entre as tendências do Aprendizado Corporativo, e como este processo pode ser usado para administrar, organizar e disponibilizar conteúdo para o aluno, otimizando seu tempo de procura e pesquisa.

Foto:  Diretor Geral da MicroPower, Michel Musulin Soeltl na apresentação do Curation Learning

Para promover a diversidade e inclusão nas organizações, o Congresso contou com o fórum Diversidade Humana, com painel moderado por Odécio Grégio, proprietário e diretor da Bilheteria.com. O Fórum levou a experiência e superação de Roberto Carlos Braga Segundo – Dudu Braga – filho do Rei Roberto Carlos, que apresentou a palestra É PRECISO SABER VIVER; Guilherme Bara – Gerente de Relacionamento e Diversidade da Fundação Espaço Eco, contou os desafios para valorizar a diversidade no ambiente corporativo; Anderson Farias – Especialista em gestão de eventos, compartilhou suas experiências no mercado de trabalho e como fez para superar os obstáculos, Laercio San’Anna que apresentou suas experiências e superação, Lois Neubauer, integrante do time de Desenvolvimento de Parceiros da Microsoft, apresentou soluções em “Serviços Cognitivos” e suas aplicações no universo da Acessibilidade.

Foto: Odécio Grégio, Guilherme Bara, Francisco Soeltl, Dudu Braga, Laercio San’Anna, Anderson Farias e Lois Neubauer
Ainda no congresso, foi lançado o MaxiProfit, solução de consultoria aliada a uma ferramenta tecnológica, capaz de gerar ganhos significativos em termos de produtividade e resultados operacionais nos primeiros três meses de implantação. O produto é fruto de uma parceria entre a MicroPower e a PM International Consulting. “Só é possível reduzir o gap de produtividade entre as empresas nacionais e multinacionais no Brasil com uma gestão eficiente”, afirmou Pedro Martins, chairman da PM International no lançamento da solução. 

Foto: Pedro Martins, chairman da PM International no lançamento da solução. 

O MaxiProfit interliga todas as vertentes da gestão de negócios com a gestão de pessoas da empresa, de acordo com metas objetivas e tangíveis, e organiza os departamentos por finalidades, não atividades, eliminando gaps, overlaps e “gorduras”. Em um ano, melhora o resultado operacional da empresa em até 30% e a produtividade no trabalho em até 400%. Implementa a estratégia em nível tático e operacional, com até 97% de assertividade.  

Os participantes ainda puderam conferir, em salas simultâneas, os 17 projetos inscritos no Prêmio Learning & Performance Brasil 2017/2018 (que aconteceu na sequência durante o jantar). São eles:

Compartilhe

Categorias

Assine a nossa newsletter

Fique por dentro dos principais temas em gestão, aprendizado e tecnologia do mercado!

Você também pode gostar