Carta do especialista

Carta do Especialista – Por Renato Grau – 16 de Julho de 2021?

Por: Renato Grau

Na Carta do Especialista de hoje, trago notícias que vêm abalando o Brasil e o mundo: a Operação 404 divide opiniões ao encerrar diversos sites pirata, o bloqueio de redes de comunicação em Cuba, as famosas “Fazendas de Cliques”, e muito mais!

PS4 para mineração de bitcoins? Acredite, isso é possível!

Recentemente uma organização de Segurança da Ucrânia encontrou uma fazenda subterrânea que minerava bitcoin, na Vinnytsia, utilizando cerca de 3.800 PS4.

O local estava ligado ilegalmente à rede de energia elétrica da cidade, e muito possivelmente foi responsável por causar apagões em grandes áreas na cidade de Vinnytsia.

Chega ser difícil imaginar mais de 3.800 aparelhos em um só lugar, mas foi o que aconteceu! 3.800 consoles de PS4 juntamente com 500 GPUs, 50 CPUs, além de notebooks, telefones e pendrives, foram apreendidos pelas autoridades ucranianas e depois o local foi fechado.

Essa é a primeira vez que a utilização de PS4 para mineração é documentada, entretanto, segundo o site Tom’s Hardware, com uma boa quantidade de dinheiro e energia, é possível conseguir isso, semelhante a casos de mineração com GameBoys.

Acesse a matéria completa clicando aqui. 

Conheça as “Fazendas de Cliques”!

Conforme a tecnologia avança e a valorização de interações na internet aumenta e passa a valer dinheiro, novas ” indústrias” estão sendo criadas. E hoje vamos conhecer uma bastante inusitada: Click Farms!

As chamadas “Click Farms”, em português, “Fazendas de Cliques”, são basicamente geradores de tráfego e engajamento na internet. Ficou confuso? Calma que com alguns exemplos vai ficar mais simples de entender!

Quanto você pagaria para ter milhares de seguidores nas redes sociais? Talvez não muito, mas empresas e influenciadores digitais sim.

As Click Farms possuem diversas finalidades, como aumentar as curtidas em um post, conseguir muitos seguidores para um determinado perfil ou aumentar o tráfego de acessos em um site, enfim, qualquer atividade que envolva clicar repetidas vezes para alcançar maior engajamento nas redes.

Ah, outro ponto interessante é que essa atividade pode ser feita por pessoas ou por bots. Sendo que a segunda opção é bastante popular, pois é mais acessível e barata.

Para se ter uma ideia de como empresas desse segmento estão crescendo, uma fazenda de cliques de Taiwan tem cerca de 18.000 funcionários alocados em 7 pontos diferentes.

E essas Click Farms são ilegais? Bem, segundo o artigo da Click Cease, não, pois, não existe nenhuma lei que proíba especificamente essa prática. Mas, para saber mais, não deixe de acessar o artigo completo clicando aqui. 

Um novo normal preocupante para a liberdade de expressão

Cuba vem enfrentando fortes crises econômicas, fome e aumento de infecções pela Covid-19. Esse cenário desencadeou um crescente descontentamento da população que está reagindo com protestos em grande escala.

Em resposta, o governo do país reagiu no último domingo com medidas extremas: Bloqueando qualquer acesso à internet ou redes sociais de comunicação como Facebook e WhatsApp. Prática que vem se tornando cada vez mais comum em regimes autoritários e repressivos.

Além de ser uma clara repressão dos direitos de liberdade de expressão, essa situação crítica tem afetado não somente as pessoas que estão no país, mas também as de fora, como famílias que precisam de notícias de parentes residentes em Cuba.

Para Evan Greer, vice-diretor do grupo de direitos digitais Fight for the Future, “a tecnologia descentralizada é a única maneira de derrotar o autoritarismo e fazer com que a maioria das pessoas tenha liberdade básica na internet no futuro”.

Para saber mais sobre essa discussão, acesse o site da Wired. 

Fim do The Pirate Bay no Brasil???

Já ouviu falar da Operação 404? Se você consome conteúdos online é bem provável que sim. Essa operação envolveu vários Estados brasileiros e até os Estados Unidos e o Reino Unido.

O objetivo? Bloquear sites piratas, e ao que tudo indica, obteve sucesso: até agora já foram feitos cerca de 11 mandados de busca e apreensão e restrições impostas a 334 sites e 94 aplicativos de streaming de conteúdo pirata.

Um dos exemplos mais comentados tem sido o The Pirate Bay, um dos maiores sites de pirataria estilo torrent que foi bloqueado pelas operadoras Claro, Oi, Tim e Vivo.

Por outro lado, há aqueles que defendem a pirataria como uma forma de acesso a conteúdo cultural de graça para todos, como é o caso do Partido Pirata:

“Bloquear sites como Pirate Bay é um ataque à neutralidade da rede, à liberdade, ao acesso à cultura, conhecimento e informação”.

E você? Qual sua opinião a respeito desse assunto?

Para saber mais detalhes clique aqui.

Avanço da telemedicina na Rússia

Com a pandemia se tornou comum a realização de consultas de forma remota, pois, muitas pessoas com receio de se deslocarem até às clínicas passaram a optar por consultas online.

Como esperado, esse mercado bombou e a startup BestDoctor viu nessa mudança de comportamento da sociedade uma oportunidade de crescimento investindo pesado em serviços de telemedicina.

A plataforma da clínica virtual, que oferece serviços de telemedicina 24 horas por dia, bem como medicina preventiva e outros serviços, recebeu US$ 26 milhões de investimento numa nova rodada e foi avaliada em US$ 90 milhões! 🤑🤑🤑 Atualmente eles atendem apenas empresas privadas, mas esse ano, planejam oferecer os serviços para um público maior.

Mark Sanevich, cofundador e CEO da BestDoctor comenta sobre o futuro da plataforma com otimismo:

” A plataforma consolidará todos os produtos da BestDoctor para se tornar um exemplo de uma abordagem voltada para o cliente e produto para a medicina. Um novo tipo de serviço de saúde focado no paciente e em suas necessidades é urgentemente necessário – não apenas na Rússia, mas globalmente.”

Para saber mais detalhes, acesse o TechCrunch.

Espero que plataformas brasileiras como a W3.Care e Dr. TIS ultrapassem a russa em breve!

Por hoje é só! Não se esqueça de comentar o que achou e compartilhar com todo mundo que adora tecnologia e inovação como nós!

Até semana que vem! 😉

Compartilhe
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Categorias

Assine a nossa newsletter

Fique por dentro dos principais temas em gestão, aprendizado e tecnologia do mercado!

Você também pode gostar