5-A-utilizacao-do-LMS-nas-organizacoes-brasileiras-p2005

A utilização do LMS nas organizações brasileiras Junho 2005



1.) Objetivo

A pesquisa deste mês tem o objetivo de identificar o atual estágio e as principais tendências da utilização do LMS nas organizações brasileiras, além de comparar os resultados obtidos com a pesquisa realizada em fevereiro/março de 2005 pelo Learning Circuits com 153 participantes.

2.) Metodologia

Foi realizado um levantamento quantitativo no mês de junho de 2005, por meio do portal e-Learning Brasil (www.elearningbrasil.com.br), aplicado a 301 organizações brasileiras. A análise abordou 8 tópicos distintos:

  • Forma de aquisição do LMS;
  • Composição do LMS;
  • Principais funcionalidades do LMS;
  • Razão da implementação do LMS;
  • Maiores desafios na implementação do LMS;
  • Sistemas utilizados;
  • Grau de satisfação com o LMS;
  • Planos para os próximos 12 anos;

3.) Características da amostra

A amostra analisada possui uma distribuição variada de empresas pertencentes a 5 regiões brasileiras: região sudeste, centro-oeste, norte, nordeste e sul.

A pesquisa consultou 301 organizações, nos setores de educação (38%), tecnologia (15%), consultorias (5%), e-Learning (9%), governo (3%), treinamento (5%), entre outras (25%).

 

4.) Resultados

4.1) Forma de aquisição do LMS

O resultado mostra que 19% das organizações construíram o LMS, 17% compraram, 13% hospedaram e 51% responderam que adquiriram o LMS de outra forma.

Em comparação com a pesquisa realizada pelo Learning Circuits, nota-se uma diferença de 49% na opção em que as organizações compraram um LMS, conforme o gráfico abaixo:


4.2) Composição do LMS


A maioria das organizações (71%) utiliza apenas o LMS, 18% optam pelo Pacote LMS/LCMS, 8% pelo LMS em ERP mais amplo e 3% utilizam apenas o LCMS.

4.3) Principais funcionalidades do LMS

Essa fase da pesquisa mostra um equilíbrio entre as opções consideradas como principais funcionalidades do LMS. Para 12% das organizações, as principais funcionalidades são Relatórios, Foco no treinando e Gestão de conteúdo. Confira no gráfico:

4.4) Razão da implementação do LMS

Segundo 24% das organizações, a principal razão da implementação do LMS é a centralização do gerenciamento das atividades de aprendizagem, 13% responderam a mensuração do treinamento e 11% afirmaram que a principal razão é a mensuração da performance dos funcionários.

 

4.5)Maiores desafios na implementação do LMS

O maior desafio na implementação do LMS, apontado por 15% das organizações, é a integração de conteúdo. Para 13% é a necessidade de customização e 11% afirmam ser a administração do sistema. Veja as outras opções:

4.6) Grau de satisfação com o LMS

A maioria das organizações (69%) estão satisfeitas ou muito satisfeitas com o LMS, 27% responderam que estão regularmente satisfeito, 3% insatisfeitos e apenas 1% muito insatisfeito.

4.7) Planos para os próximos 12 meses

Nos próximos 12 meses, 41% das organizações pretendem atualizar o sistema já utilizado, 30% preferem manter o sistema atual e 10% planejam consolidar múltiplos sistemas.

4.8) Conclusão

A pesquisa deste mês identificou as principais tendências da utilização do LMS nas organizações brasileiras, além de comparar os resultados obtidos com a pesquisa realizada em fevereiro/março de 2005 pelo Learning Circuits com 153 participantes. Foi realizado um levantamento quantitativo no mês de junho de 2005, aplicado a 301 organizações brasileiras.

O resultado mostra que 19% das organizações construíram o LMS, 17% compraram, 13% hospedaram e 51% responderam que adquiriram o LMS de outra forma. Em comparação com a pesquisa realizada pelo Learning Circuits, nota-se uma diferença de 49% na opção em que as organizações compraram um LMS. Na pesquisa realizada pelo Learning Circuits, 66% das organizações participantes compraram o LMS, enquanto que no Brasil apenas 17% optaram pela compra do LMS.

A maioria das organizações (71%) utiliza apenas o LMS, 18% optam pelo Pacote LMS/LCMS, 8% pelo LMS em ERP mais amplo e 3% utilizam apenas o 3%.

A pesquisa mostra um equilíbrio entre as opções consideradas como principais funcionalidades do LMS. Para 12% dos participantes, as principais funcionalidades do LMS são Relatórios, Foco no treinando e gestão de conteúdo.

Segundo 24% das organizações, a principal razão da implementação do LMS é a centralização do gerenciamento das atividades de aprendizagem, 13% responderam a mensuração do treinamento e 11% afirmaram que a principal razão é a mensuração da performance dos funcionários.

O maior desafio na implementação do LMS, apontado por 15% das organizações, é a integração de conteúdo. Para 13% é a necessidade de customização e 11% afirmam ser a administração do sistema.

A maioria das organizações (69%) estão satisfeitas ou muito satisfeitas com o LMS, 27% responderam que estão regularmente satisfeito, 3% insatisfeitos e apenas 1% muito insatisfeito.

Nos próximos 12 meses, 41% das organizações pretendem atualizar o sistema já utilizado, 30% preferem manter o sistema atual e 10% planejam consolidar múltiplos sistemas.

Compartilhe

Categorias

Assine a nossa newsletter

Fique por dentro dos principais temas em gestão, aprendizado e tecnologia do mercado!

Você também pode gostar