7-Colaboracao-e-Tutoria-nas-Organizacoes-Brasileiras-p2003

Colaboração e Tutoria nas Organizações Brasileiras


Dando continuidade às pesquisas sobre o 
e-Learning no país, o portal e-Learning Brasil realizou um estudo sobre a colaboração e a tutoria nos projetos de e-Learning junto à sua base de membros. As informações abaixo são os resultados desta pesquisa realizada durante os meses de janeiro e fevereiro de 2003.

E-mail e Fóruns de Discussão: Ferramentas Essenciais

A pesquisa apontou dentre as ferramentas que normalmente compõem um projeto de e-Learning, quais são consideradas essenciais. Em primeiro lugar ficaram empatados o recurso de E-mail e o recurso Fóruns de Discussão. Para 70% dos participantes estes dois recursos são essenciais em um projeto. Veja abaixo a lista completa com os resultados da pesquisa:

Ferramenta Colaborativa Taxa
E-mail 70%
Fóruns ou listas de discussão 70%
Salas virtuais síncronas 52%
Quadros de avisos 39%
Vídeo-conferência 35%
Bate-papo (Chat) 30%
Instant Messenger (Ex: ICQ, Yahoo, MSN) 30%
Quadro branco interativo 13%

E o que dizer sobre os modelos de colaboração planejados para os projetos de e-Learning no Brasil? A pesquisa apontou que em 76% dos casos pretende-se adotar um modelo que contemple tanto colaboração síncrona como assíncrona. O modelo que inclui tão somente a colaboração assíncrona está planejado em 12% dos casos, a mesma taxa obtida para o modelo que contempla somente a colaboração síncrona.

Modelo de colaboração previsto para e-Learning

A maioria dos cursos sem tutoria

Com o objetivo de identificar o nível de utilização da tutoria como parte integrante de um curso on-line, a pesquisa inclui uma pergunta sobre o tema e obteve os resultados descritos no gráfico abaixo. É possível notar que a maioria dos cursos não inclui a tutoria on-line.

Abrangência da tutoria nos cursos on-line

Mesmo com os resultados mostrando que na maioria dos cursos não existe tutoria, a pesquisa apontou que praticamente todos os participantes consideraram esta iniciativa realmente importante. Para 42% a tutoria é muito importante, para 56% a tutoria é importante e somente 1% afirmou que considera pouco importante.

E como ocorre a colaboração entre treinandos / alunos nos cursos através do e-Learning? O estudo apontou que a interação ocorre, na maioria das vezes, entre treinandos matriculados em uma mesma turma (64%). Em 21% dos projetos é permitida a interação on-line entre treinandos independente de turma ou curso. Em 14% dos projetos a interação ocorre somente entre treinandos que estejam no mesmo curso, independente de turma.

Turmas pequenas para cada Professor

A pesquisa também apontou que a maioria dos projetos tem considerado turmas relativamente pequenas. Para 50% dos casos as turmas possuem até 20 alunos por professor. Em 27% dos casos cada professor é responsável por uma quantidade entre 20 e 40 alunos. Em 12% dos casos esta quantidade fica entre 40 e 60 alunos. Confira abaixo o resultado final.

Média de alunos / treinandos por professor/ instrutor

E quantos alunos compõem uma turma on-line? Em 50% dos casos esta quantidade é inferior a 20 alunos. Em outros 36% esta quantidade fica entre 20 e 40 alunos. Em terceiro lugar ficou a faixa entre 40 e 60 alunos com 7%, e com a mesma taxa de incidência, ficou a quantidade estimada entre 60 e 80 alunos por turma.


Perfil dos participantes

Compartilhe

Categorias

Assine a nossa newsletter

Fique por dentro dos principais temas em gestão, aprendizado e tecnologia do mercado!

Você também pode gostar